Curso Perícia Odontologica Curso Pericia Odontologica

Métricas para dentistas: como medir seu alcance no meio digital


métricas para dentistas

Como toda estratégia que é colocada em prática, o marketing digital também exige investimento de tempo, dinheiro e dedicação. E uma das maiores preocupações é saber se toda essa disciplina está dando os resultados esperados. Para isso, utilizam-se métricas que proporcionam avaliar o alcance de cada ação.

O primeiro passo de qualquer análise de métricas é a definição de objetivos para cada atividade da sua estratégia de marketing. Cada canal deve ter uma intenção e, consequentemente, uma métrica que indicará se ela foi atingida ou não. E mesmo que você pense que a meta de toda a sua estratégia é conquistar mais clientes para o seu consultório, pense em pequenos obstáculos que você quer ver alcançados que irão possibilitar essa meta final.

Por exemplo, dentro do seu objetivo geral de obter mais pacientes você estabeleceu como meta intermediária um engajamento maior na sua página no Facebook e a geração de 50 leads com seus materiais ricos. Pronto, metas factíveis definidas e com métricas para análise determinadas.

É importante que essas definições sejam feitas antes de se colocar a mão na massa.

Entenda as principais métricas para dentistas:

Existem milhares de métricas diferentes que podem ser utilizadas para avaliar suas ações de marketing. Mas algumas delas são essenciais para o seu negócio. Veja quais são as principais:

PARA SEU SITE E BLOG

    • Visitantes únicos: é uma métrica que indica quantos IPs diferentes visitaram seu site em um determinado tempo. Essa métrica é interessante ser vista em comparação com outro período para avaliar o crescimento ou não do seu alcance.
    • Visitantes novos x visitantes recorrentes: em um objetivo de melhorar a autoridade de marca e começar a ter leitores fiéis, é importante ter como meta aumentar o número de visitantes recorrentes do seu site e quantos são novos. O Analytics faz essa análise rapidamente.
  • Páginas mais visitadas: verifique quais páginas (tanto do site quanto do blog) são mais visitadas. Isso pode dar um bom insight de quais assuntos são mais importantes para o seu público.
    • Taxa de conversão: é a razão de entre o número de conversões em uma determinada Landing Page (página de destino) e o número total de pessoas que visitaram aquela página. Essa métrica pode te ajudar a determinar se aquele conteúdo é realmente relevante para o seu público alvo, se esse é um material que você deve divulgar mais ou se seus formulários estão muito grandes. Para melhorar ainda mais a análise, você pode conduzir testes com pequenas mudanças em chamadas, formulários e layout para verificar o que performa melhor.
    • Taxa de rejeição: ou bounce rate. Em síntese, é a porcentagem de visitantes que navegaram em apenas uma página do seu site. Isso pode determinar que você deve acrescentar mais banners e calls-to-action (chamadas para ação) em seu site ou que o material que você tem no momento não está sendo efetivo. Pode ser também um momento de repensar em palavras-chave, uma vez que as pessoas estão chegando em busca de uma informação que não está sendo entregue. Ou até de remodelagem do layout ou da usabilidade do site.
  • Tempo de permanência: essa métrica indica o nível de engajamento do seu site. Se o tempo de permanência é mais alto, significa que as pessoas estão realmente lendo seu conteúdo e navegando pelo site. Já um tempo baixo pode mostrar que seu site não tem um bom design ou que o conteúdo não tem tanta qualidade quanto você esperava.

E-MAIL MARKETING

  • Taxa de crescimento do mailing: o aumento da sua lista de mailing mostra o aumento de pessoas interessadas no seu conteúdo ou na sua prática. É uma métrica interessante de engajamento.
  • Taxa de clique/abertura: a taxa de clique indica quantas pessoas acessaram um link que você encaminhou em um e-mail. Ela indica o interesse do seu público com o seu conteúdo. Já a taxa de abertura é mais ligado a e-mails de relacionamento, como de aniversário ou festas – e que não tenham um link.

CAMPANHAS DE MÍDIA PAGA/VENDA

  • Custo por Lead (CPL): é a razão entre valor da sua campanha (no Facebook/ Adwords) e o número de pessoas convertidas nela.
  • Custo de Aquisição de Cliente (CAC): é o custo total da sua operação (investimento em marketing, vendas, ações e pessoal) dividido pelo número de clientes adquiridos naquele determinado período de tempo.
  • Lifetime Value (LTV): ela mede nada mais do que o potencial de lucro que você tem com cada cliente. Provavelmente você já faz essa métrica em seu consultório de uma maneira diferente. Por exemplo: na precificação de tratamentos odontológicos. No marketing digital ele é calculado pelo ticket médio de cada um dos seus pacientes e o tempo médio de retenção deles. A meta mais comum é que esse valor seja, pelo menos, três vezes maior do que o CAC (custo de aquisição do cliente).

REDES SOCIAIS

  • Engajamento: as redes sociais são muito utilizadas para reforço de marca e relacionamento com os pacientes. Para isso, algumas métricas de engajamento são cruciais, como: curtidas, compartilhamentos e comentários – especialmente o aumento ou diminuição desses valores.
  • Taxa de conversão: é o número de pessoas que converteram em alguma oferta na sua rede social, podendo ser ela a de clicar em um post de blog ou se cadastrar em uma LP.

Em outro post aqui do blog já falamos sobre as ferramentas indispensáveis para todo dentista que está se aventurando no marketing digital. Elas também podem auxiliar na análise de algumas das métricas citadas acima!


Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.