Curso de Especialização em Ortodontia - Turma 32 - 25/07 Curso de Especialização em Ortodontia - Turma 32 - 25/07

6 dúvidas sobre a função do perito odontológico


dúvidas sobre a função do perito odontológico

A perícia odontológica atua em várias esferas da Justiça. Os profissionais dessa área auxiliam os casos que terminam nos tribunais.

Para atuar na área é necessário, além da graduação em uma área específica do conhecimento, neste caso a Odontologia, um curso de capacitação em perícia odontológica, no qual são trabalhados outros tópicos que serão utilizados no dia a dia do profissional.

Perícia odontológica é um mercado em expansão

Pelo pouco conhecimento a respeito da profissão, existe uma carência muito grande de cirurgiões-dentistas capacitados para desenvolver a função de perito odontológico junto a juízes, promotores e conselheiros. Por isso fazer um curso de capacitação em perícia odontológica é uma excelente maneira de estar à frente do mercado e em uma área que busca profissionais com frequência.

Principais dúvidas sobre a função do perito odontológico:

  • Qual o mercado de trabalho para o perito odontológico?

Tanto o perito odontológico quanto o assistente técnico podem atuar em processos judiciais, na áreas cível, e em processos éticos junto aos Conselhos Estaduais de Odontologia.

Em cada processo, costumeiramente, trabalham três profissionais simultaneamente. O perito, que é nomeado pelo juiz, e dois assistentes técnicos indicados pelo denunciado e pelo denunciante para fazer um laudo.

  • O que preciso fazer para ser tornar perito odontológico?

A única exigência para se tornar um assistente técnico é a formação em Odontologia e a inscrição no Conselho da entidade.

No entanto, um curso de capacitação dá uma bagagem extra ao profissional, a qual é muito valorizada no mercado. Hoje, existe uma escassez de profissionais realmente habilitados para a produção de laudos técnicos.

  • Qual o processo necessário para se tornar um perito indicado por juízes?

Os tribunais de Justiça de cada estado promovem cursos para a formação de peritos em diversas áreas do conhecimento. Em sua maioria, eles têm a duração de um dia e, ao final, se recebe um número de inscrição no sistema do judiciário. Esse sistema é acessado sempre que é necessária a nomeação de um perito para um processo.

Outra possibilidade é apresentar o portfólio diretamente ao juiz e, se aprovado, pode-se ser nomeado como perito de confiança.

  • Qual o conteúdo abordado em um curso de atualização em perícia?

Os cursos de capacitação em perícia abordam duas frentes diferentes: a legislação referente à área pericial e questões técnicas na realização de um laudo pericial – como análise de imagens, fotografias, questões de anestesiologia entre outros.

  • Qual a remuneração média de uma perícia odontológica?

Cada Tribunal de Justiça tem um valor acordado, mas a média é entre 5 e 10 salários mínimos. Esse também é o valor aproximado pago aos assistentes técnicos para a realização de laudos.

  • Qual a área odontológica que contém o maior número de processos?

Os peritos odontológicos devem ser aptos a tratar de qualquer tipo de perícia, mas as que mais possuem demanda atualmente são nas áreas de prótese, implantodontia e ortodontia.

Comentários


  • Simone Guida de Queiroz Simone says:

    Sou uma dentista que trabalha na área pública,não tenho curso de especialização mas quero fazer uma pós graduação em judicializacao na saúde.Tenho chances,mesmo não tendo especialização em outra área como implantodontia ou prótese?

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *