Curso Perícia Odontologica Curso Pericia Odontologica

Como usar as redes sociais para divulgar o consultório?


redes sociais para divulgar o consultório

Em um outro post aqui do blog comentamos sobre a importância de um dentista ter uma presença digital na hora de conquistar novos clientes para o seu negócio, já que através da rede é possível atingir mais pessoas, se tornar autoridade e assim engajar mais clientes. E as redes sociais fazem um papel essencial nesse estreitamento de relação entre dentistas e pacientes porque permite a abertura de canais de comunicação e aferições sobre o que é realmente de interesse deles. Mas aí fica a dúvida: como usar as redes sociais para divulgar o consultório?

Antes de mais nada, você deve decidir quais redes sociais irá investir tempo e dedicação. Para obter bons resultados é essencial conhecer o público-alvo do seu consultório, ou seja, quem são seus clientes e clientes em potencial. Assim, você poderá verificar em quais redes esse público está e assim se comunicar melhor.

Mas também é importante saber quais redes são compatíveis com o seu negócio. Apesar de Snapchat, Pinterest, Instagram e Twitter serem muito utilizadas, não necessariamente você como dentista conseguirá produzir conteúdo relevante para essas plataformas, certo? Possivelmente se ater ao Facebook, Linkedin e Youtube já seja o suficiente em um primeiro momento.

Para ter uma ideia de onde é interessante atuar, estude seus concorrentes que já têm uma presença digital mais consolidada. Eles podem te dar boas dicas do que fazer e do que evitar em cada plataforma.

Quais e como usar as redes sociais para divulgar o consultório?

1) Facebook

O Facebook é a maior rede social do Brasil em número de participantes – são cerca de 90 milhões de brasileiros com perfis na rede. Nele você tem duas opções: criar um perfil ou uma página (fanpage). Para empresas, o recomendado é que se crie páginas porque elas não têm limite no número de seguidores, assim como disponibilizam métricas interessantes para que você analise o tráfego, engajamento e alcance dos seus conteúdos.

A presença no Facebook é tão importante quanto um site, especialmente em organizações B2C (Business to Consumer). Até porque ele oferece ferramentas onde você pode fazer uma publicidade segmentada e assim atingir os nichos específicos que você procura.

Ele é um canal que funciona tanto para a divulgação de conteúdo próprio, como para ferramenta de comunicação com seu público. Você pode se firmar como autoridade em assuntos de saúde em geral e responder dúvidas e questionamentos por meio de mensagens inbox, comentários e curtidas.

Mas para criar esse engajamento é necessário que haja um cronograma de postagens com uma frequência definida. Para quem está iniciando, um post por dia ou até quatro por semana já são um bom começo. É interessante que você disponha de tempo diariamente para responder os comentários e perguntas em sua página.

2) YouTube

O YouTube é uma rede especializada na divulgação de vídeos. Ele permite que você faça pequenas edições (como legendas, imagens e trilha sonora) direto na plataforma, te isentando de possuir um equipamento profissional ou programas de edição.

A produção e procura de vídeos informativos tem crescido exponencialmente, tanto em vídeos How To (como fazer) quanto em animações simples onde se explica alguma coisa que é de interesse público. Por isso, um vídeo semanal ou quinzenal sobre saúde bucal pode ser uma saída para estar presente nesta rede.

Outra característica interessante do YouTube é a capacidade de monetização dela através da inclusão de anúncios ou pelo número de visualizações e inscritos no perfil.

3) Linkedin

Criar um perfil de uma empresa no Linkedin é uma excelente maneira de estreitar relacionamentos e fazer networking com outros profissionais do seu ramo de trabalho ou possíveis investidores. No Linkedin também é possível divulgar vagas para processos seletivos e participar de grupos de discussão da sua área, aumentando sua autoridade no assunto.

Esta rede é voltada para contatos profissionais e por isso deve ser tratada como tal. Ou seja, não há a necessidade de criação de conteúdo nem de expressão de comentários pessoais.

4) Google +

Rede social do Google, uma boa avaliação aqui pode te fazer subir algumas posições no ranking de empresas que aparecem em uma procura na ferramenta de busca. Cada +1 recebido nesta rede auxilia no critério de relevância estabelecido pelo Google na hora de rankear as páginas. Por isso, é importante investir nela também. O conteúdo, no entanto, seria parecido com o publicado no Facebook.

No Google+ você também pode criar uma página de local, que é associada ao Google Maps, e lá descrever seu negócio e permitir que seus clientes escrevam avaliações sobre os serviços contratos, qualidade do ambiente e segurança.

Essa plataforma também fornece métricas interessantes para você avaliar os visitantes de sua página e o engajamento deles com a sua marca.

5) WhatsApp

O aplicativo de mensagens instantâneas é tão largamente utilizado no Brasil que ao ser bloqueado por 24 horas enchem os jornais com alternativas para se comunicar. Afinal, sete em cada dez celulares brasileiros já possuem o aplicativo. Fato é que o WhatsApp se tornou um canal de comunicação importante e muitas empresas têm sabido como usar suas potencialidades.

O WhatsApp pode ser usado como um canal de relacionado onde os clientes podem tirar dúvidas sobre o tratamento que estão realizando, relacionadas à ortodontia ou para marcar e remarcar consultas. Nele, é possível abandonar a formalidade tradicional, mas ainda assim se manter profissional e intensificar a confiança de seus clientes no seu negócio.

Por meio de listas de transmissão você pode enviar comunicados e informações, como por exemplo, que a data para o pagamento mensal do seu aparelho está chegando. O aplicativo também permite a troca de recursos multimídia, como fotos e vídeos.


Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.