Curso de Especialização em Ortodontia - Turma 32 - 25/07 Curso de Especialização em Ortodontia - Turma 32 - 25/07

Como funciona a Especialização em Ortodontia na Smile Cursos


Uma especialização costuma ter uma dinâmica bastante diferente de um mestrado ou doutorado. Isso porque, ao contrário desses cursos, elas se encaixam na categoria de pós-graduação lato sensu – termo em latim que significa “no sentido amplo” ou, traduzindo melhor: com formação focada na prática, voltada para o mercado de trabalho.

Nós já falamos aqui no blog sobre o diferencial da especialização e explicamos por que ela é a melhor escolha para quem deseja dar um impulso na carreira. Mas muitas pessoas não sabem exatamente como elas funcionam: qual a frequência das aulas? Como vou desenvolver a técnica? Se o foco é na prática, como fica o conhecimento teórico?

Se você tem essas dúvidas, continue lendo para saber como é o curso de Especialização em Ortodontia desenvolvido na Smile!

>> Para se inscrever na próxima turma de especialização em ortodontia da Smile Cursos, clique aqui.

Especialização em Ortodontia na Smile: conheça a dinâmica do curso!

Como toda especialização, o foco aqui é a formação específica em uma área. O curso dá ao dentista as capacidades técnicas para realizar tratamentos ortodônticos, baseando-se em evidências clínicas e científicas. Para isso, separamos o curso em dois eixos: o teórico, que dará a fundamentação científica, e o prático, no qual são aplicados os conhecimentos adquiridos.

O curso tem duração total de 32 meses e as aulas ocorrem uma vez por semana, em período integral. Temos turmas de segunda a sexta-feira, para que o aluno possa escolher o dia que melhor se encaixa na sua rotina.

Para começar, fundamentação teórica

Nos primeiros seis meses de curso, as aulas são voltadas para as teorias de diagnóstico e de mecânica ortodôntica. Nessa fase, os alunos estudam casos clínicos para aprender como identificar as causas das maloclusões, como fazer o diagnóstico corretamente e quais procedimentos devem ser adotados em cada caso. Além disso, também estudam os materiais e movimentos. A partir daí, os conhecimentos teóricos são apoiados na prática laboratorial: utilizando um simulador, os alunos testam os movimentos e começam a desenvolver habilidades para partir para a prática clínica.

Colocando a teoria em prática

No segundo semestre começam as atividades clínicas. É quando o aluno tem o primeiro contato com o cliente. Nessa etapa, a dinâmica das aulas muda, obedecendo a um ciclo de quatro semanas: com aula teórica de movimentação ortodôntica e tratamento ortodôntico, treinamento laboratorial e a aplicação clínica, com o atendimento ao cliente. Essa dinâmica segue basicamente  até o fim do curso.

Por fim, levar a prática para a teoria
Durante o curso, os alunos devem apresentar os casos clínicos que atenderam em forma de seminário. É nessa hora que  relacionam a prática com a teoria e constroem um conhecimento sólido sobre a Ortodontia. Assim, estão prontos para atuar no mercado com embasamento e confiança. Por fim, é obrigatório escrever uma monografia como Trabalho de Conclusão de Curso.

 

E então, quer começar agora? Entre em contato conosco!

Comentários


Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *