Curso Perícia Odontologica Curso Pericia Odontologica

Especialização no exterior: vale a pena?


Se você está cogitando a ideia de fazer um curso de especialização no exterior, algumas questões precisam ser consideradas para que você tenha a certeza de que esse investimento realmente valerá a pena e trará retornos para sua vida profissional. É comum pensar que essa é a solução para entrar no mercado ou para evoluir na carreira, mas pode ser que com o seu retorno as coisas não sejam bem assim. Nesse texto trouxemos algumas orientações sobre especializações no exterior, para que você tome a sua decisão de forma consciente e consiga alcançar os seus objetivos profissionais. Acompanhe conosco!

Você é fluente na língua do país que está interessado?

Esse é um ponto muito importante para que você possa aproveitar tudo o que a especialização tem a oferecer, pois de nada adianta se matricular, viajar para o país estrangeiro e conseguir absorver apenas parte do que está sendo ensinado nas aulas. Além disso, pode ser que sem ter fluência na língua você nem consiga realizar a matrícula, pois um teste de proficiência pode ser exigido. Se você tiver, portanto, que estudar a língua em questão, pense se vale a pena o gasto de tempo e dinheiro para se preparar antes da pós-graduação.

Perguntas essenciais

Ao fazer a especialização no exterior você terá gastos com passagem, hospedagem, alimentação e com a mensalidade da própria especialização. Isso significa um alto investimento em sua carreira profissional. Portanto, antes de tomar qualquer decisão, é preciso responder às perguntas abaixo:

O curso que você está pensando em fazer não existe no Brasil?

Porque caso ele exista, pode ser mais econômico fazê-lo por aqui mesmo e até mesmo mais proveitoso. Portanto, pesquise bastante antes de tomar essa decisão.

O curso realmente será um diferencial para quando você voltar ao Brasil?

Ir para fora para fazer uma especialização valerá realmente a pena se ela agregar novos conhecimentos e trouxer um diferencial para seu currículo frente ao mercado. Se você for para fazer uma especialização convencional, pode ser que o retorno não seja certo e nem imediato, pois a formação será parecida com a dos profissionais que já estão no mercado por aqui.

O seu interesse é mais na viagem ou mais na especialização?

Isso é muito comum. Pode ser que você esteja usando a especialização como um pretexto para fazer um intercâmbio, conhecer outra cultura e se aprofundar em um idioma. Isso não é nenhum problema. Você unirá o útil ao agradável, e enquanto conhece um novo lugar estará investindo também em sua profissionalização. Apenas considere as questões acima para que a escolha da especialização seja acertada e realmente dê retorno quando você voltar.

A especialização é reconhecida no Brasil?

Alguns estudantes têm problemas com validação de diplomas quando voltam dos estudos no exterior. Portanto, certifique-se de que o seu diploma de especialista será devidamente validado e você poderá aproveitar o seu título para as empreitadas que quiser realizar.

Como você pode ver, não existe uma resposta pronta para a pergunta do título desse texto — tudo depende de cada caso. Várias questões devem ser pesadas, dependendo da situação financeira e profissional de cada um.

Você já fez uma especialização no exterior? A experiência valeu a pena? Se tiver alguma dúvida ou quiser compartilhar alguma experiência, escreva para gente!


Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.