Curso Perícia Odontologica Curso Pericia Odontologica

5 dicas para eliminar a inadimplência no consultório odontológico


Gerenciar um consultório odontológico exige do profissional que está à frente desta missão, muito planejamento e cuidado para que as finanças estejam sempre em dia. E para isso, além de estabelecer uma política de pagamentos única — que deve ser adotada por todos os dentistas que ali trabalham — é preciso antever algumas situações e agir a fim de antecipar-se a elas. No post de hoje, mostraremos 5 dicas para eliminar a inadimplência no seu consultório odontológico. Fique por dentro!

Informe os valores do tratamento antes de iniciá-lo

Na consulta inicial, que antecede o início do tratamento, informe ao paciente sobre todos os procedimentos e os valores do tratamento. É importante que ele tenha ciência sobre quanto lhe custará todo o procedimento para que os pagamentos sejam programados e para que não haja surpresas desagradáveis para nenhuma das partes.

Negocie as melhores formas de pagamento

Feito o orçamento da consulta, negocie com seu paciente a melhor forma de pagamento: à vista ou a prazo (de quantas vezes, qual a forma, melhor dia, etc.). É importante, também, que seja cobrado um valor já no primeiro dia de tratamento, que cubra ao menos as despesas com o material que será utilizado.

Não abra exceções

Em alguns casos em que o dentista tem algum tipo de vínculo com o paciente, ele pode querer abrir uma exceção e iniciar o tratamento sem um pagamento inicial, mudar a política da clínica quanto a forma de recebimento, o que não é bom para a clínica. Estas “brechas” podem ser perigosas, pois desalinham a forma de trabalho da equipe e dá margem para inadimplências e outros pedidos de preços e condições especiais. Fuja destas situações antes mesmo que elas aconteçam.

Tenha cuidado com a tolerância a atrasos

Esta é uma outra situação perigosa que pode dar abertura para inadimplências. Quando o paciente atrasa um pagamento durante um longo período e nada acontece a ele, você estará abrindo espaço para que ele faça o mesmo outras vezes. É claro que eventualidades acontecem e que cada um tem um histórico de pagamentos, mas como não se conhece a índole de todos, é melhor evitar. E lembre-se: devedores pagam primeiro os credores que cobram.

Lembre o paciente dos pagamentos

Uma ótima estratégia para evitar atrasos e esquecidos está em você enviar um lembrete de vencimento de uma parcela. Uma ótima ferramenta para isto é o SMS, que são as mensagens de textos disponíveis para envio e recebimento de qualquer modelo de aparelho celular (por mais antigo que seja, ele terá esta função). O custo é baixo e a funcionalidade é alta, por isso, é uma ótima dica para evitar a inadimplência.

Outro meio que também pode ser utilizado é o e-mail, que é ágil e funcional. Se você utilizar boletos bancários, envie-os anexos às mensagens, para que fique fácil de o cliente realizar o pagamento.

Caso sejam tomadas as medidas preventivas que listamos aqui, com certeza você evitará e reduzirá (e muito!) problemas com a inadimplência no seu consultório odontológico. Fique atento e administre bem o seu empreendimento! Se você ainda tem alguma dúvida, escreva pra nós através dos comentários!


Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.