Ortodontia além dos braquetes Ortodontia além dos braquetes

Plano de negócios e investimentos para abrir seu consultório odontológico


Consultório odontológico

Este conteúdo faz parte do eBook “O Guia completo para abrir seu consultório odontológico”, que você pode acessar na íntegra clicando aqui.

Antes de mais nada, quem quer abrir um consultório precisa começar a pensar como um empreendedor. Por isso, deve analisar algumas questões que talvez não façam parte da sua rotina, mas que serão familiares a partir do momento em que se tornar dono de um negócio.

O plano de negócios é o primeiro passo para abrir um consultório. Dentro desse plano, estão incluídos os seguintes fatores:

  • Análise de mercado na odontologia
  • Análise sobre a especialidade clínica
  • Pesquisa regionalizada sobre o público-alvo
  • Localização
  • Avaliação do imóvel
  • Investimento necessário de acordo com o local e outras características
  • Concorrência local
  • Estrutura

Todos esses elementos vão dar a noção real ao profissional que quer empreender em determinada área de atuação e, assim, criar um planejamento dentro de suas possibilidades.

Vamos levantar agora alguns dados relevantes sobre o mercado de Odontologia e acerca do investimento necessário para abrir um consultório odontológico inicialmente. Acompanhe!

Breve panorama sobre o mercado de Odontologia no Brasil

A cada ano milhares de cirurgiões-dentistas se formam no país, espalhados em cerca de 714 cursos. O número total atualizado é de 280.306 profissionais no Brasil todo.

Parte desse número, portanto, possui algum tipo de especialização. De um total de 23 especialidades reconhecidas, as mais populares são Ortodontia,  Endodontia e Implantodontia, sendo as que mais concentram número de atendimentos.

Quanto ao número de profissionais nessas áreas, a campeã, Ortodontia, abriga cerca de 25 mil especialistas e a Implantodontia possui quase 13 mil.

Uma característica importante quanto à distribuição demográfica dessa categoria profissional é o fato de que 62% dos dentistas estão concentrados na região Sudeste. Tal situação aponta para uma grande necessidade daqueles que estão nessa região de buscarem um diferencial competitivo no mercado.

Considerada uma característica imprescindível para qualquer profissional da Odontologia, a capacidade de se relacionar com pessoas e prestar um atendimento humanizado traz ao dentista o diferencial que ele precisa para se destacar no mercado.

Além disso, é preciso manter o repertório de técnicas e conhecimentos da área atualizados, já que a combinação entre tecnologia e odontologia tem trazido muitos avanços.

Portanto, na hora de analisar o mercado de Odontologia para saber se vale a pena abrir o seu consultório odontológico, é preciso levar em consideração a região de atuação, a especialidade e o desejo de trabalhar diretamente com o público.

Quanto custa abrir um consultório odontológico?

Assim como as características acima, o investimento envolvido com a abertura de um negócio é sempre uma das pautas principais.

Para facilitar esse momento, é preciso listar todas os tipos de investimento que envolvem a abertura do consultório. Veja quais são!

  • Compra ou aluguel do Imóvel
  • Custos fixos (luz, funcionários, contador, …)
  • Obras na parte elétrica, hidráulica e de acessibilidade
  • Móveis
  • Instrumentais odontológicos e equipamentos
  • Estoque
  • Marketing

No geral, serão esses os gastos iniciais com o novo consultório odontológico. Guardadas as respectivas variações, quanto a local, espaço, bairro, região, etc., em valores, estima-se uma média de 80 mil reais de investimento para ter uma estrutura completa de 01 (um) consultório e que atenda às necessidades do público de maneira satisfatória.

Outra possibilidade é o mercado de franquias, o qual requer um investimento inicial relativamente maior. Para profissionais que querem maior garantia de retorno, esse tipo de escolha se torna interessante, uma vez que se trata de uma marca já estabelecida e que tende a dar retorno com mais rapidez.

Este conteúdo faz parte do eBook “O Guia completo para abrir seu consultório odontológico”, que você pode acessar na íntegra clicando aqui.


Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *