Tratamento com Invisalign Tratamento com Invisalign

Quais são os tipos de aparelho ortodôntico?


Tipos de aparelho ortodôntico

Esse artigo faz parte do eBook “Aparelho Ortodôntico: saiba tudo sobre esse aliado da saúde e da estética”, que você pode baixar gratuitamente clicando aqui.

Os primeiros aparelhos ortodônticos surgiram há muitos séculos, com registros no Egito e na Grécia Antiga. Mas os primeiros modelos comerciais, como conhecemos hoje, são datados entre 1950 e 1965. De lá para cá, a técnica foi aperfeiçoada e os modelos em aço inoxidável ficaram conhecidos em todo o mundo.

Atualmente, há uma variedade de modelos disponíveis no mercado. Para atender a todos os públicos, há peças em metal e materiais mais discretos, como as resinas e porcelanas. Também existem modelos internos, fixos e removíveis. Fizemos um compilado com os tipos de aparelhos ortodônticos disponíveis no mercado. Confira!

Aparelho dentário fixo

Esse modelo é afixado nos dentes. Uma cola especial une um bráquete a cada dente. É essa estrutura quem suporta o fio, geralmente metálico, que passa por toda a arcada e recebe a pressão que vai mover a dentição.

Aparelho fixo metálico

É o tipo mais antigo e comum, e também o mais resistente. É constituído por um conjunto de peças metálicas (bráquetes), que possuem uma canaleta por onde passa um fio (arco) que produz a força para movimentar os dentes.

Aparelho fixo estético

Sua aplicação é similar ao fixo metálico. Esse modelo se diferencia, no entanto, pela estética, já que utiliza materiais mais discretos com colorações próximas às dos dentes. Esses modelos são mais procurados por adultos e podem ser feitos de 3 materiais:

  • Fixo estético em policarbonato: É feito de material acrílico. Seu custo é um pouco superior aos fixos metálicos, mas é mais acessível que as cerâmicas e as safiras. No entanto, sua durabilidade não é tão boa quanto às dos demais e é comum precisar de reparos frequentes tanto no fio quanto nos bráquetes. Também sofrem alteração de cor se o paciente ingerir alimentos muito pigmentados, como vinho e café, e também pelo cigarro, caso seja fumante;
  • Fixo estético em cerâmica: Esse modelo é mais resistente que o anterior e não se pigmenta, o que mantém a estética em dia;
  • Fixo estético em safira: Esse aparelho tem um custo um pouco mais elevado que os demais, mas apresenta os melhores resultados estéticos, já que os bráquetes são invisíveis, sendo possível ver apenas o fio. Também são muito resistentes e raramente necessitam de reparos além da manutenção de ajuste mensal.

Aparelho lingual

Também conhecido como aparelho invisível, esse modelo não é indicado para crianças. Nele, os bráquetes são afixados por trás dos dentes, ao contrário do que acontece na técnica tradicional, onde os aparelhos são fixados na frente dos dentes. Pode haver um pouco de incômodo nos primeiros dias de adaptação, mas os especialistas garantem que a técnica proporciona resultados tão satisfatórios quanto a técnica tradicional e, o melhor, sem que ninguém perceba o tratamento. O custo dessa técnica é superior à dos outros fixos.

Esse artigo faz parte do eBook “Aparelho Ortodôntico: saiba tudo sobre esse aliado da saúde e da estética”, que você pode baixar gratuitamente clicando aqui.

Aparelho autoligável

Esse tratamento é o mais moderno em ortodontia fixa. Nele, os bráquetes são ligados com maior efetividade, dispensando o uso das borrachinhas coloridas.

Aparelhos ortopédicos

Os aparelhos ortopédicos podem ser fixos ou móveis. São mais comumente utilizados em crianças que apresentam problemas ósseos. Este tipo de aparelho atua durante o período de crescimento, estimulando ou inibindo o desenvolvimento das bases ósseas, ou ainda, redirecionando uma tendência de crescimento desfavorável. Um exemplo de aparelho ortopédico é o aparelho expansor tipo Haas, colocado no céu da boca, que serve para separar os dois ossos que formam o céu da boca (as maxilas).

Aparelho de contenção

As contenções servem para estabilizar a “nova” dentição após a retirada dos aparelhos fixos. O organismo precisa de algum tempo para se adaptar e garantir que os dentes não voltem à posição original. Para as arcadas superiores, geralmente as contenções são móveis (Placa de Hawley). Nas arcadas inferiores, costumam ser afixadas na parte interna, de forma semelhante aos aparelhos autoligáveis. O preço costuma estar incluso no tratamento com aparelho fixo, mas pode variar de acordo com a clínica.

Invisalign

É um aparelho removível, novo no mercado brasileiro, sendo mais uma opção para quem deseja um tratamento discreto para a correção de seus dentes. Sua estrutura é um molde transparente que se adapta às arcadas, muito semelhante às moldeiras usadas para clareamento dental feito na própria casa do paciente, indicado pelo dentista. O aparelho é realmente discreto e passa desapercebido pela maioria das pessoas. No entanto, seu custo é mais elevado.

Aparelho para o tratamento de ronco

Existe no mercado um tipo de aparelho que não corrige os dentes, mas é indicado para as pessoas que roncam e têm risco de sofrer apneias, que são paradas respiratórias durante o sono. Esse tratamento só pode ser realizado em pacientes que tenham a dentição saudável, já que ele necessita de boa sustentação. Como funciona? Ele melhora o posicionamento lingual facilitando a passagem correta do ar durante o sono.

Esse artigo faz parte do eBook “Aparelho Ortodôntico: saiba tudo sobre esse aliado da saúde e da estética”, que você pode baixar gratuitamente clicando aqui.


Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.