Odontologia: especialidades e o mercado de trabalho


Odontologia: especialidades

Os melhores profissionais do mercado de Odontologia sabem a diferença que uma especialização faz para a carreira.

Buscar cursos que capacitem para atuar em nichos específicos facilita a conquista de pacientes, atraindo um público certo para o profissional que, ao longo de sua experiência, se torna uma referência na sua respectiva área.

Para indicar algumas diretrizes do cenário atual da Odontologia, destacaremos especialidades possíveis, bem como características relacionadas ao mercado em si.

Dentre as e especialidades reconhecidas na profissão, vamos ressaltar 5 delas e suas particularidades, tanto do ponto de vista da demanda externa, e do crescimento dessa demanda, quanto da própria lucratividade. Veja quais são!

1. Ortodontia

Com cerca de 25.000 especialistas registrados no Conselho federal de Odontologia, a Ortodontia é uma especialidade bastante concorrida no mercado. Grande parte dessa popularidade se deve ao bom retorno financeiro que ela oferece e a demanda crescente de pacientes. Cirurgiões dentistas que atuam na área buscam um aperfeiçoamento constante para se destacarem, aprendendo novas técnicas e aperfeiçoando seu conhecimento constantemente.

2. Odontopediatria

Com cerca de 8 mil odontopediatras no Brasil, essa especialidade requer um conhecimento que ultrapassa as fronteiras teóricas e práticas da Odontologia. O trabalho voltado para crianças e bebês demanda um manejo psicológico que viabilize o atendimento.

Além disso, atuar com crianças é saber que existe sempre um cuidador/responsável que precisa estar envolvido com o tratamento, a fim de garantir a saúde bucal da criança.

Trabalhando com prevenção, tratamento, diagnóstico e acompanhamento do desenvolvimento da região bucal da criança, é uma especialização que tem boa inserção no mercado.

3. Implantodontia

Trabalhar com implantes dentários é a função de mais de 12.880 profissionais no país. Esse tipo de especialidade está entre as 3 mais populares no Brasil, tendo um mercado concorrido, porém, com bastante demanda de pacientes.

É uma especialização que tem bastante peso na carreira de um cirurgião-dentista, capacitando-o para atuar com diferentes faixas etárias e problemas variados que necessitam da utilização de implantes dentários.

4. Patologia bucal

Com um número bastante reduzido de especialistas em relação às demais especialidades, apenas 402 no país, a Patologia Bucal é a especialidade que tem como objetivo o estudo de alterações na cavidades bucal e estruturas anexas.

Tratando-se de uma atuação bastante específica, carrega a vantagem de um mercado menos concorrido, com mais chances de destaque a partir de uma especialização ou mestrado.

5. Odontologia Legal ou Forense

Embora não seja um campo de atuação tão popular quando a clínica, a especialização em em Odontologia Legal pode ser promissora. O profissional que segue essa área poderá atuar em diferentes frentes em apoio à Justiça, tendo um papel importante em perícias cíveis, trabalhistas, administrativas e criminais.

Quem se torna um perito em odontologia concorre hoje com cerca de 600 profissionais no país, sendo que a maior parte deles se concentra em alguns estados, como a Paraíba, Rio de Janeiro, Santa Catarina e Rio Grande do Sul. Alguns estados, no entanto, não possuem esses profissionais.

Fazer uma especialização é, sem dúvida, uma das principais formas de estar preparado para o mercado. Pesquise cursos do seu interesse, fale com profissionais que já atuem na área e, em seguida,  escolha a sua especialização!

Esse conteúdo te ajudou? Para ter certeza, então, de que você está se preparando da maneira certa para o mercado de Odontologia, baixe este Ebook: Como o dentista pode se preparar para o mercado de trabalho!


Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *