Curso Perícia Odontologica Curso Pericia Odontologica

Fotografia na odontologia: tudo que você precisa saber


Câmera para fotografia na odontologia

Existem muitos motivos para se trabalhar com a fotografia na odontologia, dentre eles a otimização que ela traz aos procedimentos na rotina de atendimento.

 A utilização da fotografia é indispensável para realizar um bom trabalho no consultório odontológico e, para mostrar o quanto ela ajuda profissionais de odontologia, vamos detalhar tudo o que você precisa saber sobre essa prática.

O papel da fotografia na odontologia

Não é preciso buscar muitos argumentos para provar que, nos dias de hoje, fotografar se tornou uma atividade corriqueira. Com uma câmera nas mãos, as pessoas fazem de tudo e, inclusive, vendem serviços e produtos, transformando a fotografia no seu principal instrumento de trabalho.

Com a odontologia isso também deve ocorrer. A fotografia odontológica precisa estar inserida nas práticas profissionais de um dentista, uma vez que ele não pode sair por aí desfilando com seus pacientes e mostrando a qualidade do seu trabalho.

Sendo assim, o primeiro papel que a fotografia assume no trabalho de um dentista é justamente este: a divulgação do seu trabalho.

O segundo papel que vamos destacar é o apoio técnico que ela oferece aos tratamentos, possibilitando um planejamento digital pelo registro dos atendimentos e servindo para os pacientes compreenderem, visualmente, a situação que se encontra a sua saúde bucal.

O terceiro ponto essencial é a necessidade de documentar procedimentos e se comunicar com laboratórios e outros profissionais que possam de alguma forma precisar ter acesso eventualmente.

Momentos em que a fotografia precisa ser utilizada na odontologia

Assim que o paciente entra no consultório e o profissional faz a sua primeira avaliação sobre seu caso, já é preciso utilizar a câmera fotográfica.

Fotografar o paciente desde o primeiro atendimento permitirá que o dentista faça um planejamento mais completo sobre o que precisará ser feito nos próximos atendimentos. Além disso, como foi dito anteriormente, a fotografia, na odontologia, é um documento importante de registro para possíveis necessidades futuras.

A partir disso, a fotografia será necessária a cada nova etapa avançada no tratamento odontológico, pois dessa forma paciente e dentista acompanharão o progresso dos atendimentos, sendo extremamente indispensável no resultado final.

Tipos de câmera

Como em qualquer tipo de prática, a qualidade dos equipamentos tem um papel determinante nos resultados. Em relação à fotografia odontológica, a câmera que será utilizada deve ser escolhida de acordo com sua finalidade. Existem, no geral, três tipos de câmera encontradas no mercado:

  • Câmeras compactas;
  • Câmeras semiprofissionais;
  • Câmeras profissionais.

Das três, a mais recomendada é a câmera profissional, porque, além de oferecer uma qualidade de imagem superior, oferece mais recursos para o dentista fotografar em diferentes luzes e ângulos.

No entanto, como há muita variedade no mercado em cada um dos tipos, vamos destacar as características ideais de uma câmera para a fotografia na odontologia, que podem ser encontradas em diferentes modelos.

  • Praticidade para a locomoção;
  • Controle sobre o flash;
  • Boa durabilidade;
  • Distância focal fixa;
  • Lente MACRO 100mm;
  • Flash circular;
  • Flash twin para protesistas, TPD’s ceramistas, etc;
  • Opção de modo manual; e
  • Bom custo-benefício.

É importante lembrar também da utilização de acessórios, como o espelho bucal que é essencial para esse tipo de fotografia.

 Gostou do conteúdo? Aproveite e veja também nosso eBook sobre Como Alavancar sua carreira na área de Odontologia!


Comentários


Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.